BALJOS - Órbita

BALJOS - Órbita Lyrics & Letras:

Nem tempo, momentos!
Nem mesmo à distância
Do espaço entre
Nós nos separam
Disparam as horas, são longas
E os dias são sempre velozes

Fugas, amor crescente, noites de breu!
Como se fossem parar o relógio ao redor

Brilhas no escuro!
No espaço a noite é feroz
As horas são longas e a solidão é atroz!

BALJOS